Ajuda

 

 

Sobre a estrutura da base de dados

Todos os volumes de traduções correspondentes aos registos desta base de dados foram consultados fisicamente, sendo eles a fonte que considerámos decisiva para o conjunto dos dados incluídos em cada referência bibliográfica (por exemplo, no que respeita a datas ou títulos). Acrescente-se ainda que, sempre que possível, indicámos separadamente todas as edições das obras, já que uma nova edição é uma novidade no mercado, e como tal tem de ser contabilizada, entre outros, para efeitos estatísticos.

Quanto à composição de cada registo, ponderaram-se tanto os potenciais interesses do futuro utilizador de uma base de dados sobre traduções, como os requisitos objectivos de uma “bibliografia selectiva”, ou seja, que apresenta “referências bibliográficas de documentos referentes a um assunto muito específico”, nas palavras de Isabel Faria e Ana Gonçalves (1992). Optou-se, assim, por uma divisão básica entre informações sobre o texto de chegada - TC (a tradução), a figurar, evidentemente, em primeiro lugar, e informações sobre o texto de partida - TP (o chamado “original”). Quando este não é o texto de partida presumivelmente usado na tradução, inclui-se uma referência a uma provável tradução indirecta nas “Observações” e/ou na coluna da “Língua de mediação”.

Os campos relativos ao texto de chegada são:

  • ano de publicação,

  • título da tradução,

  • tradutor (nome ou pseudónimo),

  • pseudónimo de (nome real do tradutor),

  • local de publicação,

  • editora,

  • colecção,

  • designação do texto,

  • língua de mediação (designação por extenso em inglês),

  • modo literário;

Os campos relativos ao texto de partida, são:

  • autor (nome ou pseudónimo),

  • pseudónimo de (nome real do autor),

  • título (quando acompanhado de asterisco (*) significa que vem referido na tradução portuguesa),

  • ano de publicação

  • local de publicação,

  • editora,

  • país (correspondente à nacionalidade do autor)

  • e língua.

A data de publicação do texto de partida que se indica pode não corresponder à data original de publicação. Porque esta base de dados foi concebida como um instrumento para investigadores em Estudos de Tradução, a data indicada corresponde ao volume mais antigo disponível para consulta nas respectivas bibliotecas nacionais.

No final de cada registo figura um espaço para observações muito variadas, relativas, por exemplo, à data de publicação em periódico, se conhecida e anterior à publicação em volume; à grafia do nome do autor alterada no volume do TC; ao título da obra alterado no volume do TC; à indicação de pseudotradução; aos diminutivos, títulos ou informação complementar sobre o tradutor; ao nome de editores da colecção do TC e/ou de autores das capas; ao título dos contos/textos que integram a antologia, seguidos da indicação do autor do TP e do título do TP (se este consta do volume, é seguido de asterisco); ao volume indisponível por estar em mau estado, ou requisitado pelos serviços, etc.; à presumível tradução indirecta; ou ao título do TP não identificado.

 

Procurar na base de dados

Use as caixas de texto para procurar por um termo ou frase específica.

Escolha o campo onde pretende procurar ou escolha "Todos os campos".

Para procurar por dois termos ou frases específicas, escolha o tipo de resultados a serem obtidos:

  • todos os registos onde foi encontrado o primeiro termo E o segundo termo no campo especificado - Escolha "E"

  • todos os registos onde foi encontrado o primeiro termo OU o segundo termo no campo especificado - Escolha "OU"

Quando efectuar a pesquisa, deverá ter em consideração que:

  • no campo pesquisável “Modo literário” deverá colocar o termo “Narrativa”, “Lírica” ou “Drama”

  • nos campos pesquisáveis “Língua de mediação” e “Língua de partida” deverá inserir a designação em inglês (e.g., “French” e não “francês”)

  • no campo pesquisável “O país” deverá seguir as siglas padrão da ONU, disponíveis para consulta em http://unstats.un.org/unsd/methods/m49/m49alpha.htm

  • ao inserir dados nos campos pesquisáveis “Tradutor” e “Autor”, deverá indicar o último apelido dos tradutores e dos autores, seguido de vírgula e do restante nome (no caso dos autores espanhóis, deverá referir os dois últimos apelidos, seguidos de vírgula e do restante nome)

  • ao inserir dados no campo pesquisável “local” (de edição do TP), deverá indicar a designação do local na língua do TP (e.g., ‘Warszawa’ e não ‘Varsóvia’)

Deverá igualmente ter em linha de conta que:

  • cada registo corresponde a um volume: nestes termos, uma antologia corresponde apenas a um registo. Os títulos dos textos publicados em cada antologia são referidos no campo pesquisável “Observações”

  • os títulos dos textos de partida e os nomes dos autores são grafados tal como constam das respectivas bibliotecas nacionais. Os títulos são grafados com os signos diacríticos da língua de partida; os títulos em alfabeto não latino são transliterados de acordo com a norma ISO9

  • a informação que se encontra entre parênteses rectos foi acrescentada pelos investigadores.

 

Resultados

Os resultados da pesquisa são mostrados numa tabela.

Poderá ordenar os registos clicando no respectivo cabeçalho. Um clique ordenará os registos em modo descendente. Outro clique ordenará os registos em modo ascendente.

Poderá navegar nas páginas de resultados clicando no número de página respectivo ou usando os atalhos "Página anterior" / "Próxima página".

Poderá aceder a mais informações constantes de cada registo (incluindo alguns campos que não são mostrados na página de resultados principal) clicando no botão "Detalhes" no início de cada linha.

É possível imprimir a página de resultados principal ou os detalhes de cada registo clicando no atalho "Imprimir".

 

[Data de atualização: Julho 2018]